Como Me Alimentar Para Ficar Com Mais Energia E Não Engordar

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia

 

Quanto Mais Produtivo Você É Mais Você Deve Se Preocupar Com O Alimento Que Você Consome.

O que quero dizer com isso é que o que você come é a sua fonte de combustível!  E aí? Você está sabendo fazer as escolhas corretas? E você está se alimentando adequadamente? Como estão seus Níveis de Energia?

Muitas pessoas não sabem como fazer para manter Seu Nivel De Energia ao longo do dia. Sem querer acabam ficando sem reservas justamente nos momentos que mais precisam funcionar. Quando precisam desenvolver e executar seu trabalho começa a sinalização de que já estão cansados, se sentindo desatentos e esgotados.

Mas a questão aqui não é um simples acreditar que um “coma mais”, “alimente-se mais” seja a solução.

Comer demais vai fazer você se sentir exaurido também. Todos nós conhecemos muito bem os efeitos que a feijoada da quarta, a churrascada do domingo, para não falar das festas de fim de ano, fazem com a gente, não é mesmo. Comer mais pode sim ser o início do problema.

Então como fazer para termos uma fonte constante de energia a partir de nossa dieta?

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia – Liberação Lenta Versus Liberação Rápida, Eis a Questão!

O que é importante não é o que você come ou quando você come, mas sim quanto tempo leva para que o açúcar do alimento chegue ao seu sangue.

Explico. Todo alimento contém energia na forma de calorias. Isso inclui carboidratos, gorduras e proteínas.

O que difere, porém, é quanto tempo leva para que as calorias ingeridas atinjam sua corrente sanguínea e quanto tempo elas levam para serem absorvidas.

Assim, quando você consome um “carboidrato simples” logo ele é processado pelo seu corpo e logo ele atinge sua corrente sanguínea. É isso que ocorre quando você come, por exemplo, pão branco, macarrão branco, chocolate ou doces. Quanto mais refinado a comida estiver, mais puro e imediato o açúcar será absorvido pelo seu organismo.

Por outro lado, quando você consome gorduras ou carboidratos “complexos”, há mais a ser processado pelo corpo. Isso significa que o açúcar é extraído mais lentamente e é liberado gradualmente no sangue. Desse modo os propósitos de fornecer um fluxo constante de energia é atingido.

De outro modo na ingestão de alimento refinado, dos carboidratos simples, a energia é absorvida muito rapidamente, isso causa um “pico” súbito, seguido por um declínio rápido da energia. Essencialmente, o corpo observa o aumento súbito de açúcar e responde liberando insulina. Esta insulina encoraja o açúcar a ser absorvido para uso no corpo ou para ser armazenado como gordura.

Quando isso acontece, o cérebro libera a serotonina que é o “hormônio do bem-estar”. Infelizmente, esse hormônio também é um precursor da melatonina, por isso, nos sentimos sonolentos imediatamente depois de nos alimentarmos dessa forma.

 

Você Também Vai Se Interessar Por Este Artigo, confira 

Gerenciamento da Energia Como Super Carregar Seu Corpo Para Fazer Mais

Você também vai se interessar por isso

Tomar Café Faz Bem? Tomar Café Para Despertar É Bom?

Razões Pelas Quais Você Pode Estar Constantemente Cansado

 A Importância do Carboidrato  

3 Maneiras De Melhorar Sua Mentalidade Proativa    

 

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia – A Impôrtancia Das Boas Escolhas Alimentares

Assim, se você quiser evitar um pico de energia seguido de um declíneo de energia o melhor recurso é obter uma fonte complexa de carboidratos/gorduras no início do dia, no café da manhã, para fornecer energia constante e depois fracionar com porções de alimentos integrais, fibrosos, frutas e sementes ao longo do dia. É por isso que mingau de aveia ou um abacate podem ser uma ótima escolha para um café da manhã.

Fracionando sua alimentação ao longo do dia significa que seu almoço será menor, mas faça a escolha correta. Evite comer guloseimas. essas tentações estão espalhadas pela cidade. Entre no self service para preparar seu prato saudável, alimentos integrais e frescos, fibrosos. Ou traga de casa os alimentos para preparar uma bela salada.

E se ainda não ficou bem esclarecido, volto a falar: atenção às porções fracionadas fujam das opções vazias: biscoitos, bolachas, bolinhos, salgadinhos, entre outras abominações da indústria do alimento. Pois esses “alimentos” industrializados são tudo o que você não precisa comer para se sentir com energia ou com mais energia. Muito pelo contrario esses alimentos são causas de distúrbios no organismo que vão drenar sua energia.

Alimentar Para Ficar Com Mais Energia

Dá Para Calcular Quanto de Energia Preciso Para Desenvolver Minhas Atividades No Meu Dia A Dia?

Dá Sim. É possível fazer isso. É inclusive recomendável que você tenha essa noção da quantidade de calorias que você deve ingerir. Por isso é importante evitar consumir mais calorias do que o necessário, o que pode levar ao ganho de peso e, consequentemente, complicações de saúde e perda de energia.

Aprenda a calcular o número de calorias que você precisa para o dia e a partir daí aprenda a consumir próximo desse número para evitar um excedente. Confira quanto de caloria é ideal para o seu tipo físico em sua rotina diária. 

Não fique neurótico com isso simplesmente crie uma disciplina alimentar e faça opção por alimentos melhores. Alimentos que vão, com certeza, te alimentar e te dar um desempenho mais eficaz. Alimentos que vão deixar você saudável, disposto para além do dia de trabalho. Com certeza isso vai te levar a um bem estar e te fazer mais feliz.

 

Para Aprender Como Ativar Sua Energia – Confira Este Guia Prático

4 Total de Visitas 1 Visita Diaria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *